COLONIA DO SACRAMENTO – URUGUAI

Acompanhe a pitoresca viagem dos parceiros Heitor e Silvia Reali nessa charmosa província uruguaiana.

Texto e fotos por Heitor e Silvia Reali
COLONIA DO SACRAMENTO, PEQUENA CIDADE, GRANDE VIAGEM

Um passeio por Colonia do Sacramento, cidade mais antiga do Uruguai, resgata a história do país, sabores e lugares do passado que convidam para uma pausa.
Colônia del Sacramento - 007
Você guarda belas imagens de viagem? Quer uma dica? Colonia do Sacramento, no Uruguai: puro encanto para olhares atentos. O detalhe de uma janela, um gradil de ferro da fachada de um prédio, a buganvília que reina soberana numa viela, ou a paisagem luminosa do casario ao amanhecer. O que dizer então, quando o lugar é cheio de referências arquitetônicas que remetem às colonizações portuguesa e espanhola que ali fincaram pé.
Colônia del Sacramento - 008
Foi por conta do apelido “Paraty Uruguaia” que resolvemos conhecer Colonia, pois somos fãs confessos de Paraty. Acreditamos, porém, que algo se perde quando recorremos aos lugares a partir de comparações, mas são os próprios moradores de Colonia que assim a apelidaram, evocando as semelhanças de origem, localização, e mescla de colonizações com a nossa cidade litorânea. Mas o melhor é se deixar levar pelo encanto de suas calles, ruas tortas, e descobrir o que a vila tem de genuíno, como por exemplo a paixão de seus moradores por carros antigos.
Colônia del Sacramento - 006
Pode-se falar de Colonia como um lugarejo jovial e vibrante. E, nessa linha do presente, Colonia quer desbancar hoje sua famosa irmã Punta del Este, dentre as cidades do país com maior poder de sedução. Ela promete esquentar os ânimos do recém-chegado, quer pela gastronomia, se hospedando em hotéis butique que ocupam os casarões históricos, ou seja só para bater pernas nas vielas centenárias, descobrindo antiquários, galerias de arte, lojas com artesanato de qualidade. Depois, deixar-se levar pelos devaneios em um dos muitos bares ao livre, no melhor estilo dos bistrôs franceses, só que em ambiente onde predominam a diversidade cromática e a culinária à base de queijos cremosos e das tapas, aperitivos espanhóis.
Colônia del Sacramento - 010
À noite, sair para jantar é tarefa prazerosa. São tantas as possibilidades nesse excitante roteiro que você enfrenta um dilema: este restaurante aqui, ou aquele lá? Todos parecem tão bons e estão tão bem encaixados no cenário, que a gente se rende ao que estiver mais perto. E então é só mandar baixar o vinho e o chouriço, pois gula combina com férias. Nos restaurantes brilha a carne do gado hereford, assada em braseiro de lenha bem ao estilo gaucho, além dos embutidos como salsicha, parrillera e a morcela, ou os de sabor mais forte como riñones e a molleja. E para acompanhar… bons vinhos. O mais conhecido dos tintos uruguaios é o tannat, de uva originária da França, que já foi um vinho difícil para iniciados, mas que a partir da década de 90 se transformou em verdadeira surpresa para os enófilos. E para finalizar a noite nada melhor do que uma danceteria à beira do Rio da Prata, ou ainda juntar-se aos namorados no pier.
Colônia del Sacramento - 004
Mas, há mais. Nos dias de verão o bem-estar em Colonia também se estende às praias de San Carlos e El Alamo. Já os passeios pelos campos podem ser realizados em qualquer estação. Assim, sempre é possível organizar roteiros pela região e perambular por vilarejos próximos, como Carmelo. Um achado. Lugar ideal para se abastecer dos produtos da doçaria regional.
Colônia del Sacramento - 005
Outro pedaço do bom caminho, bem perto desse povoado, é um dos monumentos nacionais do Uruguai: a Bodega y Granja Narbona. Hoje, a Narbona é uma finca, espécie de fazenda tradicional, onde se pode passar o dia ou até mesmo se hospedar em uma de suas duas habitaciones, cuja austeridade de época vale mais do que qualquer decoração. Na mesma linha do tempo seguem o restaurante, a adega e a queijaria, que produz o Grana, espécie de parmesão mais cremoso e fonte de aromas pungentes. Tudo isso faz desse espaço um ponto de arte do comer e do beber.
Colônia del Sacramento - 001
Sem dúvida há uma grande afinidade entre Colonia do Sacramento e Paraty, mas, o que mais as aproxima é algo essencial que não conseguimos nomear – o inexplicável charme arrebatador.
Colônia del Sacramento - 003
COMO CHEGAR
Chegar a Colonia é fácil. Um dos itinerários é via Buenos Aires. Parte-se do seu porto e em meia hora por lanchas rápidas, atravessando o Rio da Prata, desembarca-se na cidade uruguaia. Nossa escolha, porém, foi viajar de carro, saindo de Montevidéu. São duas horas, mas não se apresse, pois a paisagem urbana, logo substituída por campos de feno e trigo, hortas familiares e vilarejos pitorescos, faz você esquecer a distância.
Colônia del Sacramento - 017
ONDE FICAR
Posada del Virrey, Calle de Espana 217, Colonia Del Sacramento www.posadadelvirrey.com
Four Seasons Resort, estrada 21, km 262, Carmelo, www.fourseasons.com/carmelo
ONDE COMER
Finca Narbona, estrada 21, km 267, Carmelo, www.narbona.com.uy
Heitor e Silvia Reali 1
O casal de jornalistas Heitor e Silvia Reali, são parceiros e colaboradores deste caderno de turismo 

COLONIA DO SACRAMENTO – URUGUAI

Heitor e Silvia Reali 1
Colônia del Sacramento - 010
Colônia del Sacramento - 018
Colônia del Sacramento - 017
Colônia del Sacramento - 015
Colônia del Sacramento - 014
Colônia del Sacramento - 012
Colônia del Sacramento - 011
Colônia del Sacramento - 008
Colônia del Sacramento - 005
Colônia del Sacramento - 007
Colônia del Sacramento - 003
Colônia del Sacramento - 001
Colônia del Sacramento - 013
Colônia del Sacramento - 006
Colônia del Sacramento - 002
Colônia del Sacramento - 009
Colônia del Sacramento - 016
Colônia del Sacramento - 004

Paulo Greca

JORNALISTA ESPECIALIZADO EM GASTRONOMIA E TURISMO - Parceiro no Portal BAND.com.br e colunista das revistas DROPSMAG - COOL MAGAZINE - BRASIL TRAVEL NEWS - MAIL: jornalismo@paulogreca.com.br

Você pode gostar...