PELAS TRILHAS DO ATACAMA

Partido do Brasil com proa para o Chile, minha aventura no Deserto do Atacama inicia após o pouso em Santiago. Um voo adicional, desta vez com destino à região de Calama e uma viagem de carro por mais de 2h em meio ao nada, rumo ao povoado de San Pedro de Atacama, garantem uma experiência inesquecível no deserto mais árido do planeta. Confira!

Autoestrada Calama - San Pedro

Autoestrada Calama – San Pedro

Localizado na região norte do Chile, com mais de 1.000 quilômetros de extensão, a 2.400 metros de altitude, o Deserto do Atacama é considerado o mais alto e também o mais árido do mundo, devido ao baixíssimo índice pluviométrico da região. Suas temperaturas variam em média, entre 5ºC negativos à noite e 42ºC ao dia.

Salar ao poente

Salar ao Poente

O nome ATACAMA é proveniente dos primeiros habitantes locais, os “Atacamenhos”, assim como a civilização de nativos “Aymaras”. Ambos, deixaram um legado rico em termos arqueológicos, que servem como fonte de pesquisa a inúmeros cientistas até os dias de hoje.

Espetáculo diário

Espetáculo Diário

O terreno da região é bem diversificado, tanto no que se refere à altitude, assim como sua formação, que varia de quase ao nível do mar, até cerca de 6.893 metros, topo do vulcão Ojos del Salado, considerado o mais alto do mundo. Também encontram-se áreas marcadas por dunas e montanhas esculpidas pela erosão.

Aquarela natural

Aquarela Natural

O solo é misto e composto basicamente por sal e areia. Paisagens incríveis cobertas pelo céu azul intenso durante o dia e o véu de estrelas da Via Láctea vislumbrado na madrugada, garantem ao visitante uma experiência inesquecível.

Via Láctea vista a olho nú

Via Láctea Vista a Olho Nú

O pequeno povoado de San Pedro de Atacama (comunidade da província de El Loa, na região de Antofagasta) é o point de encontro de turistas de todas as partes do mundo. O lugarejo tem boa infra estrutura, hotéis, bares, internet, locadora de bicicletas, carros e é ponto de partida para os passeios ofertados pelas empresas de turismo local.

Calle caracoles: a principal rua do povoado

Calle Caracoles: a Principal Rua do Povoado

Devido a ser um lugar ímpar numa região totalmente inóspita, é considerado um oásis no deserto. A antiga base de parada dos colonizadores espanhóis do passado ainda conserva muito das características arquitetônicas dos idos da colonização e é o principal centro turístico da região.

Lagunas Altiplánicas

Lagunas Altiplánicas

A partir dali, o visitante pode optar por uma vasta gama de roteiros, de acordo com suas condições físicas e disposição para enfrentar as adversidades. Fica difícil eleger o que fazer frente a tantas opções. Dentre as que tive oportunidade de participar, selecionei algumas para você se divertir.

Atacama - 067

Salar do Atacama

As excursões normalmente são divididas e 3 níveis de dificuldade para atender a todos os tipos de pessoas. São eles:
Fácil – Para todas as idades e capacidades físicas.
Médio – Para pessoas em boas condições físicas e sem problemas de saúde.
Difícil – Para indivíduos com boa condição física e facilidade de adaptação à grandes altitudes.

Trilha turística

Trilha Turística

PASSEIOS IMPERDÍVEIS DURANTE O DIA

PEDALEANDO POR LOS AYLLUS
Fácil. Duração: 1,5h a 2,5h
Saída do hotel com destino ao povoado e seu entorno para visualizar a arquitetura típica da região, seus particulares sistemas de irrigação por intermédio de canais e também conhecer um pouco da cultura e tradições ancestrais. É uma boa maneira de aclimatação ao primeiro dia de estada na região.

CICLISTAS NA TRILHA DO DESERTO

Ciclistas na Trilha do Deserto

ATACAMA EN CABALLO
Fácil. Duração: 2h a 5h
Cavalgada por alguns lugares inacessíveis para veículos motorizados. O tempo do passeio depende da habilidade dos participantes no que se refere ao domínio da montaria.

ALGUNS LOCAIS SÓ SÃO ACESSÍVEIS EM MONTARIA

Alguns locais só são acessíveis em montaria

LAGUNAS ALTIPLÁNICAS
Fácil. Duração: 6h a 8h
Saída de carro com destino às Lagunas Altiplánicas de Miscanti Y Miñiques (as mais impressionantes de todo o deserto), localizadas a 4.200m de altitude, de onde pode-se avistar variada fauna e flora locais.

Atacama - 085
Durante o percurso, o visitante avista pequenos povoados altiplânicos e se defronta com um pouco do cotidiano local. Há uma parada para almoço em um simpático restaurante na comunidade de Del Pueblo de Socaire com gastronomia simples e descomplicada, que agrada aos visitantes.

Alvorecer no deserto

Alvorecer no deserto

SALAR DE ATACAMA
Fácil. Duração: 4,5h
Esse roteiro inclui uma breve passada para conhecer o Pueblo de Toconao e parada para compras de artefatos do artesanato local.

Mini shopping artesanal

Mini shopping artesanal

Seguido ao trajeto, chegada a La Reserva Nacional de los Flamencos, situada no parque do Salar de Atacama, segundo maior salar da Terra, que só perde para o Uyuni, o salar boliviano. O local remete a um fundo de oceano seco, com crostas de sal que chegam a medir quase meio metro de altura em alguns pontos.

Crostas de sal

Crostas de sal

Além da geografia pitoresca, você desfruta de espetáculo a parte, dado pelo voo de gaivotas andinas e por diversas colônias de flamingos que passam quase o tempo inteiro com o bico dentro da água procurando comida.

Flamingo aguarda o almoço

Flamingo aguarda o almoço

Para finalizar o presente, convém esperar o fim do dia e desfrutar da oportunidade ímpar de curtir um por de sol de tirar o fôlego. Feito isso, basta entrar na van e curtir o retorno à cidade base.
Atacama - 030
GÉISERES DEL TATIO
Fácil. Duração: 6h a 8h
Partida de carro por volta de 4h da madrugada rumo ao Poblado de Machuca para conhecer o impressionante campo geotérmico localizado a 4.300m de altitude, numa temperatura ambiente que pode chegar tranquilamente abaixo dos 15ºC negativos.

El Tatio

El Tatio

Esse talvez seja um dos passeios mais incríveis de todo o roteiro, já que é possível contemplar, interagir, sentir toda a força e esplendor da natureza em meio a diversos poços de água fervente e erupções de jatos de vapor, expelidos pelos mais de 80 geisers da região. As imensas colunas brancas lançadas a mais de 15m de altura, fazem o deleite dos espectadores.

Turistas no topo do vulcão contemplam o espetáculo natural

Turistas no topo do vulcão contemplam o espetáculo natural

É importante observar ao longo do campo, que existem diversas regiões demarcadas com pedras ao redor dos geisers. As mesmas estão ali para delimitar até onde o visitante pode ser aproximar das fumegantes crateras fervilhantes e, dessa maneira, observar o desenrolar do fenômeno com total segurança. Em hipótese alguma ultrapasse a região demarcada, pois um espirro súbito de água quente pode ocorrer a qualquer momento e o resultado seria desastroso.

Manter distância da cratera é fundamental para a segurança, já que a temperatura da água beira os 90ºC

Manter distância da cratera é fundamental para a segurança, já que a temperatura da água beira os 90ºC

Após o alvorecer, é servido um delicioso café da manhã montado artesanalmente aos pés do vulcão, com pães, frutas, yogurtes e outras delícias mais.

Café na Van

Café na Van

VALLE DE LA LUNA
Fácil. Duração: 3h
Saída de carro em rota a sudoeste de San Pedro para observação de uma paisagem surrealista a 2.500m, com belíssimas formações rochosas decorrentes da erosão fluvial, esculpidas naturalmente pelo vento, chuva e pela também pela extrema discrepância de temperaturas que acometem o ambiente.

Formações esculpidas pelo vento

Formações esculpidas pelo vento

A visão do local, remete à ideia de semelhança com o ambiente lunar, com esculturas singulares no meio nada. Um ambiente perfeito para montaria (há passeios a cavalo), trekking, off-road e mountain bike.

Trekking contemplativo

Trekking contemplativo

CORNISAS
Médio. Duração: 2,5h a 3,5h
Deslocamento em veículo rumo ao norte e chegada ao primeiro caminho que unia o povoado de Calama a São Pedro, para apreciar a vista de alguns vulcões da região, numa altitude de 2.600m. Após isso, descida e encontro com incríveis dunas situadas no Valle de la Muerte.

A ação do vento esculpe as montanhas e forma as dunas

A ação do vento esculpe as montanhas e forma as dunas

GUATIN Y GATCHI
Médio. Duração: 3h
Após desembarcar do carro de apoio, o grupo segue por um desfiladeiro pedregoso com vegetação variada, onde se avistam inúmeros cactos centenários, muitos deles catalogados e com mais de 10 metros de altura.

Cactos centenários

Cactos centenários

É imprescindível o uso de calçados firmes e de preferência, com solado de borracha, uma vez que o terreno é bastante acidentado e você terá de subir e descer em pedras a todo instante. Ao fim da trilha de aproximadamente 4,5 km, o resgate da equipe é feito pelo veículo de apoio para retorno a cidade.

O terreno é bastante acidentado na maior parte do percurso

O terreno é bastante acidentado na maior parte do percurso

LAGUNA CEJAR
Médio. Duração: 4h
Rumo ao sul, a saída é feita de bicicleta para uma pedalada de 20 Km (de ida) a uma altitude média de 2.300m para desfrutar de uma experiência muito interessante: banho numa das lagoas mais salgadas do mundo, com concentração quase equivalente ao Mar Morto.

Águas com altíssimo grau de salinidade

Águas com altíssimo grau de salinidade

A experiência é bastante curiosa já que é impossível afundar na água devido à grande salinidade. Para quem não quiser encarar o passeio pedalando, há a opção de apenas acompanhar o grupo e ficar confortavelmente instalado na van de transporte de retorno.

Dia perfeito para um mergulho

Dia perfeito para um mergulho

MIRADOR DEL VIENTO EN EL VALLE DE LA MUERTE
Difícil. Duração: 2,5h a 3h
Esse passeio exige bastante preparo físico, já que é feito a pé pela trilha paralela a Cordilheira de la Sal, com descida e passagens por antigos caminhos tortuosos e bastante pedregosos rumo a San Pedro de Atacama.

Desfiladeiro pedregoso no Valle de la Muerte

Desfiladeiro pedregoso no Valle de la Muerte

É imprescindível por parte dos integrantes, ter bastante determinação, esforço e concentração para manter a tranquilidade, já que após algum tempo de caminhada pela trilha acidentada, o retorno fica praticamente inviável, sendo bem mais fácil seguir ao final do destino.

Paciência e determinação são itens fundamentais ao longo do percurso

Paciência e determinação são itens fundamentais ao longo do percurso

Apesar da dificuldade ser grande, o visual é compensador.  A todo momento, se observa com riqueza de detalhes, todo o trabalho artesanal feito pela erosão eólica ao longo do relevo.

Linhas naturalmente multicoloridas

Linhas naturalmente multicoloridas

TOCO
Difícil. Duração: 6h a 8h
Viagem de carro por quase 2 horas para chegar a base de apoio, aos pés do vulcão Cerro Toco, a 5.100m de altitude, para depois iniciar o acesso ao cume (5.600m) e contemplar o lado boliviano da Cordilheira do Andes, com vista para a Laguna Blanca e também para toda a zona do Salar de Atacama.

Cratera do Cerro Toco

Cratera do Cerro Toco

Essa empreitada é recomendada apenas para pessoas que estejam em ótimas condições físicas e tenham muita facilidade de adaptação à grandes altitudes.

Vastas camadas de sal podem ser vistas ao longo da paisagem

Vastas camadas de sal podem ser vistas ao longo da paisagem

PARA O PERÍODO NOTURNO

OBSERVATÓRIO ESTELAR
Os céus do norte do Chile são mundialmente conhecidos por sua nitidez. Um dos fatores relacionados a isso, é que lá, não chove por mais de 300 noites ao ano e a quantidade de partículas líquidas suspensas tende a ser zero, o que promove extrema limpidez ao céu.

Infinito estrelado

Infinito estrelado

O Altiplano de Atacama é considerado um excelente ponto de observação de estrelas e planetas. Nessa região, não somente cientistas de todo o mundo podem desfrutar do cosmo e dos astros, vistos em imensos e modernos centros, assim como os viajantes, que contam com vários centros para o turismo astronômico.

Vista aérea do Observatório Paranal

Vista aérea do Observatório Paranal

O Observatório Paranal está localizado a 2.600 metros de altitude ao leste de San Pedro de Atacama e distante 146 quilômetros ao sul de Antofagasta. Do ponto de vista científico, é o maior e mais importante do planeta. É possível visitá-lo durante os dois últimos fins de semana de cada mês, exceto em dezembro.

Telescópios auxiliares alojados em compartimentos celulares ultra compactos

Telescópios auxiliares alojados em compartimentos celulares ultra compactos

É possível observar um fenômeno atmosférico conhecido como o Cinturão de Vênus. Uma formação cinza-azulado acima do horizonte é a sombra da Terra, e logo acima, forma-se um brilho rosado. Este fenômeno é produzido pela luz avermelhada do ajuste solar sendo retro espalhada pela atmosfera da Terra. Logo após o por do sol, tal efeito atmosférico pode também ser visto pouco antes do alvorecer. Um efeito muito semelhante também pode ser observado durante um eclipse solar total.

Lunetas individuais

Lunetas individuais

BOTECO
Seja lá qual for sua escolha, ao final do dia você estará moído de cansaço, mas certamente, realizado e feliz. Aproveite algum momento de folga à noite, para conhecer uma baladinha local bem divertida: o Exports Bar é um botecão pitoresco, situado na Calle Caracoles (rua principal de San Pedro), que fará você lembrar do clássico filme “From Dusk Till Dawn”, de Quentin Tarantino.

Cheers!

Cheers!

Um bar no meio do deserto, onde você encontra música agradável, petiscos gostosinhos, boa cerveja, drinks de primeira (experimente o La Cucaracha) e uma galera local animadíssima que sabe como receber muito bem quem é de fora e está de só passagem. Diversão garantida, infelizmente só até a uma hora da manhã, já que a lei local exige o fechamento de todos os estabelecimentos após esse horário.

Topo do El Tatio

Topo do El Tatio

DICAS PARA FAZER UMA VIAGEM SEGURA E SATISFATÓRIA
Compartilho com você, leitor, algumas dicas importantíssimas para que sua viagem corra da melhor forma possível. Anote:
Siga rigorosamente as instruções de seus guias. Ao chegar em seu destino, execute sua rotina de maneira tranquila, caminhe devagar para que seu corpo se adapte e você não sofra com a falta de oxigenação devido à brusca variação de altitude.
Atacama - 035
Mantenha-se hidratado, aquecido, coma alimentos leves, evite beber alcoólicos, use e abuse dos protetores solares e labiais. Vista-se adequadamente. Leve luvas, cachecol, gorro, boné, óculos escuros (importantíssimos para proteger os olhos da refração da luz), mochila confortável, utilize um bom calçado – leve e resistente – com solado de borracha, preferencialmente adequado com drenagem eficiente para você poder caminhar em locais com água. Não esqueça sua câmera fotográfica com baterias extras e memory cards adicionais, tampouco o traje de banho para desfrutar das piscinas e lagoas naturais.

Vestuário leve e sobreposto em camadas. A receita certa para seu conforto

Vestuário leve e sobreposto em camadas. A receita certa para seu conforto

Devido às grandes variações de temperatura no deserto entre o dia e a noite, a recomendação dada pelos organizadores é para que você “se vista como uma cebola”, ou seja, em camadas e com diversos tipos de tecidos (de preferência bem leves), que podem ser tirados ou colocados de acordo com a necessidade dada pela temperatura ambiente e que sejam de fácil dobragem, guarda e transporte. O ideal é ter uma boa roupa térmica (chamada de 2a pele) para garantir a manutenção do calor junto ao corpo. Sobre ela, uma roupa de algodão, depois uma malha um pouco mais grossa, um casaco bem quente (não necessariamente muito grosso) e por fim, uma capa impermeável por cima de tudo. Explico: esta é a melhor maneira de manter o corpo aquecido de forma uniforme já que entre as camadas de roupa, uma boa quantidade de ar existente servirá para equalizar os gradientes de temperatura entre o ambiente externo e você.
Atacama - 090
Ao contrário do que muitos pensam, roupas grossas de nylon colocadas direto por cima do corpo não são recomendáveis já que, por não permitirem que o frio entre, também impedem que uma quantidade necessária de calor saia do corpo de forma a equilibrar corretamente a temperatura ideal para seu conforto. É um processo equivocado que muitas vezes faz com que o indivíduo comece a suar dentro do casaco, sendo obrigado a abri-lo em algum momento para se refrescar e, devido às baixíssimas temperaturas, o contato com o ambiente externo provoca um micro congelamento do suor no interior do mesmo. Desta forma ao invés de se aquecer, a pessoa passa a sentir frio. Calças jeans também não são uma boa escolha, pois são muito porosas e dissipam o calor do corpo rapidamente. Caso queira usá-las, coloque uma calça térmica por baixo, ou se preferir, compre aquelas calças com zíper na perna e que se transformam em bermudas. Assim, quando a temperatura subir, você poderá tirar parte das pernas da calça e continuará confortavelmente vestido.
Atacama - 088
Independente da equipe de profissionais que o acompanha, leve alguma coisa para repor a energia (barrinha de cereais por exemplo) e seu próprio cantil com água. Lembre-se que apesar de sua viagem ser um passeio de entretenimento, você se encontra em meio ao deserto mais inóspito do planeta e está há muitas horas de distância de qualquer ponto de apoio devidamente capacitado para uma intervenção de emergência no caso de um acidente. A maioria das intercorrências fatais ocorridas no Atacama se deve à falta de bom senso por parte de aventureiros solitários ou turistas teimosos que desprezaram as orientações de segurança dadas exaustivamente pelos organizadores.

Respeite a sinalização. Sua segurança também depende disso

Respeite a sinalização. Sua segurança também depende disso

Quase não há placas indicativas no deserto, logo, se perder fora das principais vias de acesso é uma coisa extremamente fácil, portanto, antes de pensar em sair sem um orientador capacitado, avalie os riscos. Essas são apenas algumas dicas simples para que você possa se divertir e aproveitar ao máximo sua estada num dos locais mais belos do planeta com total segurança. Aproveite!


ATACAMA – CHILE

Atacama - 108
Atacama - 110
Atacama - 107
Atacama - 106
Atacama - 095 - Paranal Aérea
Atacama - 105
Atacama - 099
Atacama - 103
Atacama - 101
Atacama - 093 - Telescópios
Atacama - 089
Atacama - 085
Atacama - 091 - Cume do Ojos del Salado
Atacama - 083
Atacama - 081
Atacama - 079
Atacama - 075
Atacama - 077
Atacama - 073
Atacama - 071
Atacama - 065
Atacama - 063
Atacama - 067
Atacama - 059
Atacama - 061
Atacama - 055
Atacama - 057
Atacama - 049
Atacama - 051
Atacama - 047
Atacama - 053
Atacama - 045
Atacama - 043
Atacama - 035
Atacama - 037
Atacama - 041
Atacama - 039
Atacama - 031
Atacama - 027
Atacama - 033
Atacama - 025
Atacama - 029
Atacama - 023
Atacama - 011
Atacama - 017
Atacama - 021
Atacama - 015
Atacama - 013
Atacama - 019
Atacama - 003
Atacama - 007
Atacama - 001
Atacama - 102
Atacama - 009

Paulo Greca

JORNALISTA ESPECIALIZADO EM GASTRONOMIA E TURISMO - Parceiro no Portal BAND.com.br e colunista das revistas DROPSMAG - COOL MAGAZINE - BRASIL TRAVEL NEWS - MAIL: jornalismo@paulogreca.com.br

Você pode gostar...